Don´t Drop me Out

saída

Nome do Projeto: Don´t Drop me Out
Projeto Nº: 2020-1-BE02-KA201-074798
Âmbito: Erasmus+ – Parcerias Estratégicas para a Educação Escolar

Os objetivos gerais do projeto são diminuir o abandono escolar nos países parceiros numa abordagem holística, desenvolvendo programas de educação para alunos, ferramentas de testes online para professores e alunos e aumentando as competências dos professores relacionadas com a prevenção do abandono escolar e contribuindo para a implementação das referidas medidas em toda a Europa.

“Dropout” é uma expressão usada pela UE para descrever pessoas com idades entre 12 e 23 anos que não concluíram os seus estudos ou que apenas concluíram o ensino básico (Comissão Europeia, 2006). Um em cada seis jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 24 anos na UE-27 ainda abandona a escola com não mais do que o ensino básico e não participa em nenhum tipo de educação ou formação após esse ponto.

As crianças com idades compreendidas entre os 6 e os 18 frequentam a escola por ser obrigatória, mas alguns dos alunos não estão interessados ​​nas suas escolas. Esta situação pode ser descrita como uma desistência escolar oculta.

Recomendação do Conselho de 28 de junho de 2011 sobre políticas para reduzir o abandono escolar precoce: o Conselho recomenda como política de prevenção reduzir o risco de abandono escolar antes do início dos problemas, através do desenvolvimento de  sistemas de alerta precoce para alunos em risco, que podem ajudar a tomar medidas eficazes antes que os problemas se manifestem.

Apoiar e capacitar os professores no seu trabalho com alunos em risco é um pré-requisito para o sucesso das medidas a nível escolar. A formação inicial de professores e o desenvolvimento profissional contínuo para professores e líderes escolares ajudam-nos a lidar com a diversidade na sala de aula, a apoiar alunos de meios socioeconómicos desfavorecidos e a resolver situações de ensino difíceis. Iremos promover atividades extracurriculares após e fora da escola e atividades artísticas, culturais e desportivas, que podem elevar a autoestima dos alunos em situação de risco e aumentar a sua resiliência face às dificuldades na sua aprendizagem.

Neste contexto, durante a execução do Projeto, os seguintes resultados serão produzidos:

IO1 – Estrutura de competências para professores. Este quadro definirá as competências necessárias dos professores para enfrentar o abandono escolar.
IO2 – Teste de competências do professor: Este teste para definir as competências dos professores relacionadas com o abandono escolar e será transferido para uma plataforma online. Então, qualquer professor poderá testar as suas competências online,
IO3 – Programa de formação de professores: Os materiais do curso e os conteúdos da formação para professores serão desenvolvidos e disponibilizados
IO4 – Teste de tendência de abandono escolar para alunos: serão desenvolvidos inventários de tendência de abandono escolar para os alunos que serão transferidos para a plataforma online, em seguida, qualquer escola ou instituição educacional terá oportunidade de usá-lo em qualquer nível escolar,
IO5 – Programas de educação para alunos em risco de abandono.

Grupos-alvo:

O primeiro grupo-alvo do projeto são professores (IO1, IO2, IO3) que podem ter mais sucesso atendendo a soluções profissionais mais do que soluções individuais, e que precisam de ferramentas práticas para detectar os alunos que estão em risco de abandono oculto ou aparente, que precisam de saber como podem lidar com a situação do abandono e quais os métodos inovadores para evitá-lo.

O outro grupo-alvo são os alunos (IO4 e IO5) que correm o risco de abandono escolar, que precisam de melhor qualidade no processo e nas condições de aprendizagem. Os fatores que influenciam a sua desistência devem ser definidos e eliminados e a sua relação com a escola deve ser aprimorada.

Países parceiros:

Os países parceiros são da Bélgica, Turquia, Eslovénia e Portugal e existem 2 parceiros de cada país. Exceto a Turquia, todos os parceiros são de países membros. Como mencionado acima, o abandono escolar ou o abandono escolar oculto é uma questão a ser tratada em toda a Europa para atingir os objetivos já definidos. O projeto visa desenvolver ferramentas, materiais e programas internacionais que podem ser usados ​​em qualquer país da UE. Para isso, é necessário que o projeto seja realizado de forma transnacional.